Falaaaaaaaaaaaaaaa GP, tudo bem?

No meu último artigo eu montei um Excel para lhe apoiar na composição de um relatório de One Page do teu Portfólio.

Se você não teve a oportunidade de ler, acho que super vale a pena dar uma olhadinha no artigo.

Você deve estar pensando: mas, será que ainda terei que ficar recorrendo ao Excel para ter uma visão global dos meus projetos? Será que não consigo usar o Project?

Aí eu te respondo: DEPENDE!

Depende de quantos projetos compõem o teu portfólio, da sua complexidade e até mesmo número de linhas!

Ai você deve estar pensando 2: mas, como assim? Tenho uma forma de fazer isso no Project?

Ai eu te respondo: Pode ser que sim rs!

Enfim, vamos parar de enrolar e ir direto ao ponto…

Existe uma forma de você trabalhar o teu Portfólio no Project Professional e gerar um One Page a partir desses planos. Uma forma simples seria usar o conceito de subprojeto.

Utilizando esse recurso conseguimos associar vários projetos em um projeto “guarda-chuva” e conseguir ter a visão de todo o portfólio em um local único. Para isso basta seguir o passo-a-passo:

  1. Monte o cronograma de todos os seus projetos individualmente; cada projeto deve ter o seu plano.
  2. Elabore o cronograma seguindo as boas práticas, salve a linha de base, atribua recurso, faça todos os passos;
  3. Abra um novo arquivo do Project para que ele seja o teu Portfólio;
  4. Clique na aba Projetos e selecione a opção Subprojeto;
    MS Project - Subprojetos 1
  5. Selecione os projetos que farão parte do teu Portfólio;
    MS Project - Subprojetos 2
  6. Adicione esses projetos ao teu Portfólio;
  7. Utilize as teclas de recuo para que o Projeto fique abaixo do Portfólio, é preciso que você deixe o Portfólio como “pai” para que seja possível ter a visão consolidada de todo o teu Portfólio;
  8. Após adicionar todos os projetos, monte uma central de projetos com os campos que você acha que agregarão valor durante o teu controle, eu sugiro uma visão como a da imagem abaixo:
  9. Mas, perceba que todos os projetos estão com % planejado como 100%; isso acontece porque temos que salvar novamente a linha de base do projeto, mas agora no contexto do Portfólio;
  10. Eu costumo selecionar a atividade “1” do Portfólio e salvo a linha de base apenas dela;
  11. Após essa atualização você já está pronto para iniciar o controle. O controle pode ser feito tanto nos projetos quanto diretamente no Portfólio;
  12. Se você fizer diretamente no Portfólio, no momento que salvar o Project lhe questionará se deve salvar o arquivo de origem.
  13. Você deve sempre replicar a alteração no Projeto de origem, para isso clique em Sim;
  14. Se a alteração for feita no projeto de origem, bastará abrir o Portfólio que atualização já será efetuada;
  15. Com isso você poderá usar os relatórios que já criamos no Project e gerar um One Page bem bacana, funcional e simples;
  16. Se você não tem ideia de como criar um relatório bem bacana dá uma olhada nesse templates que eu montei.

Como nem tudo são flores, esse tipo de solução tem o seu lado negativo! Se os seus projetos têm muitas linhas a atualização ficará mais morosa e algumas vezes pode dá até uma travadinha!

Apesar disso eu usei esse tipo de solução por muito tempo, usei até eu começar a trabalhar com o Project Server/Online.

Você conhece o PWA? Estou pensando em fazer um Webnário para apresenta-lo, o que você acha? Tem interesse em conhecer um pouco mais?

Se sim, deixa seu comentário ou me manda por e-mail para que eu possa me organizar.

Um forte abraço.

#projetoTransforma #naPegadaDoGP #souGPdePegada #projetizando

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *