Falaaaaaa GP, tudo bem?

Hoje falaremos um pouco mais sobre o Project, pois alguns profissionais tem muita dificuldade com a ferramenta, principalmente, com as funções mais avançadas:  “mas, Jacque, isso não é a base de um GP?”, depende rs, dependendo da complexidade do Projeto a ferramenta é praticamente essencial para o sucesso do projeto!

Um ponto muito importante: Project não é Excel, são ferramentas muito diferentes! Não negligencie o potencial da ferramenta!

No tutorial de hoje apresentarei como elaborar um relatório de One Page no Project.

Para criar um relatório no Project Professional, selecione a aba “Relatório”, em seguida clique em Novo “Relatório” e selecione a opção “Em Branco”.

Feito isso, clique na aba “Design”, em Formas, selecione “Linha” e crie uma divisão entre o cabeçalho e o corpo do relatório, clique sobre a linha criada, selecione “Formatar Forma”, selecione a Cor desejada e aumente a Largura.

Importante, se você não sabe criar a aba cabeçalho, siga mais esse passo a passo:

Na aba Design, clique em tabela, nesse momento uma tabela com as principais informações do projeto é criada automaticamente, o próximo passo é editar a Lista de Campos e selecionar quais campos desejamos visualizar.

Para editar o nome de exibição de algum campo, basta selecionar o campo com o botão direito do mouse, “Configurações” e editar o Rótulo:

Para criar o Gráfico de Gantt:

Clique em “Gráfico”, selecione Barras Agrupadas e clique em OK.

Na Lista de Campos ao lado direito, desmarque todos os campos selecionados e selecione apenas o % Concluído, em Filtro, selecione a opção “Tarefas resumo” e em Classificar por, selecione “Classificação personalizada” e selecione “EDT”.

Selecione o Título do gráfico e clique em excluir, faça o mesmo com a legenda. Clique sobre a barra na série de dados e selecione Adicionar Rotulo de dados.

Para criar a Curva S:

Clique em “gráfico”, selecione a opção “Linhas” e clique em OK.

Na Lista de Campos ao lado direito, desmarque todos os campos selecionados e selecione apenas o “Porcent”. Concluída acumulada e na opção “Selecionar Categoria”, clique em Editar e altere as Unidades para Semanas (ou meses caso necessário) e o Formato de data para dd/mmm.

Selecione o Título do gráfico e clique em excluir, faça o mesmo com a legenda. Clique sobre a barra na série de dados e selecione Adicionar Rotulo de dados.

Para criar a tabela de Entregas:

Na aba Design, clique em tabela, nesse momento uma tabela com as principais informações do projeto é criada automaticamente, o próximo passo é editar a Lista de Campos e selecionar quais campos desejamos visualizar.

Em Filtro, selecione Marcos e em Nível da Estrutura de Tópicos, selecione Nível 1.

Pronto! Nesse momento temos o relatório estruturado e basta ajustar o layout adicionando colunas nas tabelas, modificando esquemas de cores, etc.

Até obter o produto final:

Para adicionar os relatórios ao Modelo Global do Microsoft Project instalado na sua máquina, siga os passos:

  1. Clique em Arquivo > Informações. Em seguida, clique em Organizador
  2. Uma vez aberta a caixa de diálogo Organizador, clique na aba Relatórios. Do lado direito da caixa de diálogo, você irá perceber os relatórios personalizados, que fazem parte do arquivo aberto.
  3. Selecione os relatórios personalizados. Em seguida, clique no botão <<Copiar para movê-los para o Modelo Global.
  4. Após realizar a ação, você irá perceber que os relatórios agora passarão a constar no arquivo MPT, que é o Modelo Global do Microsoft Project instalado na sua máquina
  5. Você pode fechar a caixa de diálogo Organizador. Pode também fechar o arquivo aberto (não é necessário salvar)
  6. Agora, abra um cronograma que você esteja gerenciando, e que esteja salvo na sua máquina ou em um drive de rede. Após abrir o arquivo, clique na opção Relatório > Personalizado. Todos os relatórios estarão disponíveis para sua utilização!

Curtiu? Não ficou lindo? Se vc curtiu e quiser esse template todinho para vc, deixa um comentário com o seu e-mail para que eu mande para vc!

Forte abraço, até o próximo artigo!

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *