Mais importante que aprender, é aprender para sempre!

Fala GP, tudo bem?

Um dos pontos que mais me fascina no ambiente de um projeto é o fato de que a cada projeto temos a possibilidade de aprender um caminhão de lições, tanto negativas quanto positivas. Acredito que esse seja um dos motivos que me faz continuar nessa vida de projetos rs.

Cada reunião bem ou não tão bem-sucedida, a cada risco mitigado, a cada desvio tratado, a cada porrada do patrocinador ou em qualquer outra situação onde a única coisa que queria fazer era sentar e chorar rs, em todos esses momentos eu sempre usei como reflexão e fonte de lições aprendidas.

Eu ODEIO errar, detesto com todas as minhas forças do universo, mas quando isso acontece, eu tento sempre refletir muito sobre o acontecido, me “perdoar” e seguir em frente! Afinal de contas, o projeto não pode parar.

Essa reflexão que eu me obrigo a fazer, acaba me ajudando demais e gerando uma série de lições que sempre carrego para o próximo projeto.

Essas situações são comuns em projeto e toda a equipe passa por lições que devem ser compartilhadas com todos para que a equipe como um todo possa evoluir.

O que acontece é que muitas vezes negligenciamos a etapa de encerramento dos projetos consequentemente pulamos a organização e coleta de lições aprendidas, mas é um exercício tão legal, mas tão legal que não deveria ser esquecido.

Abaixo algumas dicas para lhe ajudar na organização das lições aprendidas:

  1. Organização é fundamental: é muito importante que você envolva as pessoas antecipadamente. É importante que elas consigam ter tempo para refletir sobre tudo o que aconteceu no projeto.
    Para te ajudar eu estou compartilhando o template que uso em meus projetos.
    Eu costumo distribuir essa planilha com uns 10 dias de antecedência;
  1. Sem culpa nem desculpa: o sucesso de uma reunião de lições aprendidas depende do nível de maturidade e envolvimento da equipe. O importante é deixar bem claro que a reunião não é uma caça às bruxas, o lema deve ser: sem culpa, nem desculpa!
    Ninguém é culpado por um resultado negativo e não é preciso buscar desculpas, o objetivo é encontrar a causa raiz e evitar o erro nos próximos projeto.
    É importante também estimular a equipe a pensar na sua área evitando assim meter o “bedelho” nos problemas de outras áreas. Infelizmente, muitas vezes a equipe tende a identificar problemas em outras áreas e não efetuando uma autoanálise.
  1. Organize a informação: antes de iniciar a reunião faça um resumo do projeto e das lições enviadas pela equipe.
    Se você receber um volume legal de lições quer dizer que está em um nível de maturidade bacana e pode organizar um slide por área; caso ainda não esteja nesse nível apenas organize as informações recebidas.
    Para te ajudar eu vou compartilhar um template que uso para esse tipo de reunião.
  1. Durante a reunião: estimule a equipe a se envolver. Eu costumo organizar a agenda da seguinte forma:
    1. Enalteço os resultados obtidos pela equipe;
    2. Apresento os principais dados do projeto;
    3. Apresento os principais pontos positivos;
    4. Apresento os principais pontos negativos;Para o sucesso da reunião você deverá estimular a equipe a discutir e refletir sobre os pontos identificados.
  1. Compartilhe a informação: no final da reunião, compartilhe a apresentação com todos, deixe em um local de fácil consulta e encerre em grande estilo o seu projeto!

Seguindo essas 5 dicas, a sua empresa conseguirá aprender sempre e o melhor de tudo para sempre!

Um forte abraço e use esses templates sem moderação.

#projetoTransforma #meuProjetoMinhaVida #gpDePegada

Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *